60px

451px

Amadeus

Brazil Blog

Viagens sustentáveis e mais responsáveis: vamos em busca de um outro patamar em 2020

Daniel Batchelor

Vice President of Communications, Amadeus

Português
Português
Esse conteúdo está disponível apenas nesse idioma.

À medida que as viagens avançam, a pressão sobre os destinos aumenta. Atualmente, o turismo representa cerca de 5% das emissões globais de carbono e 4,6% do aquecimento global. Ao mesmo tempo, seu impacto positivo também cresce, contabilizando 1 em cada 10 empregos em todo o mundo e representando 10,4% do PIB global (WTTC).

Existe uma crença comum de que o impacto ambiental das viagens e do turismo não pode ser ignorado. Mas estamos também cientes dos desafios socioeconômicos que nossa indústria pode criar? O interesse no tema das viagens sustentáveis, em seu sentido mais amplo, está crescendo. 

O que é turismo sustentável? 

De acordo com a OMT, o turismo sustentável é definido como: “Turismo que leva em consideração seus impactos econômicos, sociais e ambientais atuais e futuros, atendendo às necessidades dos visitantes, da indústria, do meio ambiente e das comunidades anfitriãs”. As chaves para fazer a diferença são: maximizar a contribuição positiva das viagens e do turismo, envolver e criar oportunidades para as comunidades locais e minimizar seus possíveis efeitos negativos em destinos superlotados. 

O Relatório de Viagem Sustentável do Booking.com afirma que 87% dos consumidores desejam viajar de maneira sustentável e estão dispostos a absorver os custos extras. Eles acreditam que as pessoas precisam pensar globalmente e agir localmente agora, fazendo escolhas de viagem responsáveis ​​e sustentáveis. De acordo com a ABTA, 35% dos viajantes selecionariam uma empresa em detrimento de outra com base em seu histórico de sustentabilidade, e 71% dos viajantes acham que as empresas deveriam oferecer aos consumidores opções de viagem mais sustentáveis. Essa demanda crescente está ajudando a alimentar o crescimento de um novo tipo de viagem responsável e sustentável. 

As empresas estão se tornando mais sustentáveis 

Como a sustentabilidade se tornou um fator decisivo para as pessoas que compram viagens, as empresas estão adaptando suas ofertas para abarcar esse nova nova configuração social. Desde a redução de plásticos em hotéis até a criação de pacotes de férias focados na sustentabilidade, os consumidores recebem uma ampla escolha quando se trata de umaestadia ecológica e estão começando a responsabilizar as empresas se elas não atenderem aos requisitos. 

Empresas, governos, moradores e viajantes também fazem parte da equação da viagem.Promotores de destinos devem ser responsáveis, assim como os viajantes. A OMT prevê que as chegadas de turistas internacionais subirão para 1,8 bilhão até o final de 2030. À medida que o número de turistas aumenta, governos, DMOs (Destination Marketing Organizations) e cidades agem limitando o número de aluguéis de casas, como Amsterdã, e aumentando os impostos, como Veneza. 

De acordo com o whitepaper “Impacto positivo nas viagens”, lançado recentemente, todos esses desafios exigem parcerias duradouras e colaboração dos diferentes atores do setor de viagens. Na Amadeus, por exemplo, trabalhamos com governos locais e outras empresas para ajudar a otimizar o fluxo de viagens e impulsionar seu crescimento responsável. Com nossos recursos de publicidade digital, podemos ajudar destinos a promover especificamente lugares fora dos roteiros mais conhecidos. 

E tudo sempre volta para os próprios viajantes. Tanto de negócios ou lazer, eles desejam garantir que suas viagens tenham um impacto positivo no mundo. Há um interesse crescente em entender como o turismo afeta negativamente ou beneficia uma economia local. No futuro, o setor terá que melhorar a consistência na maneira como seu impacto é medido. Iniciativas responsáveis ​​e sustentáveis ​​podem ser uma fonte de benefícios socioeconômicos, tanto em nível local quanto global. Por exemplo, oferecendo oportunidades aos viajantes de se envolverem com empresas locais e com a comunidade para que eles possam dar uma contribuição positiva durante a visita. Ou desenvolvendo aviões aerodinâmicos. Instituições públicas e privadas terão que trabalhar juntas, para garantir que as práticas sustentáveis ​​sejam seguidas, e colocar as viagens conscientes no centro do crescimento de longo prazo do setor. 

Clique aqui para saber mais sobre como a tecnologia está mudando as viagens, e as tendências de viagens da Amadeus para 2020.